Conheça a consultoria pedagógica para os pais da Educação Infantil GGE

Com encontros semanais, o projeto auxilia a nova rotina pedagógica das famílias em casa.

Meses após a suspensão das aulas presenciais em Pernambuco, para conter os avanços da pandemia da Covid-19, pais e alunos ainda encontram dificuldades de adaptação à nova realidade da educação à distância. A modalidade online exige dos pais mais do que o acompanhamento do aluno. Agora, eles estão envolvidos diretamente no processo educacional como auxiliadores diretos na execução pedagógica das atividades propostas pelas instituições de ensino. Mais uma atribuição para a rotina dos responsáveis, somada aos afazeres domésticos e ao trabalho home office que muitos estão desenvolvendo. Para oferecer suporte adequado e auxiliá-los nesse novo momento, o Colégio GGE desenvolve uma consultoria pedagógica para as famílias dos alunos da Educação Infantil.

 “Na rotina presencial, a leitura e a discussão do planejamento das aulas sempre foi um movimento interno, em todas as escolas. As professoras elaboravam e depois discutiam, com os pares da própria série, a aplicabilidade daquele planejamento, clarificando os objetivos, recursos e abordagens a serem utilizados durante as aulas. Esse sempre foi um movimento de professor para professor. Com o advento da modalidade online, os pais entraram nesse percurso repentinamente”, ressalta gestora pedagógica da unidade GGE Boa Viagem Nayana de Paiva.

A consultoria acontece com horários definidos, semanalmente, abordando os conteúdos programados para a semana seguinte e orientando os pais sobre como desenvolvê-los com os filhos em casa.

Sabemos que essa é uma tarefa que requer um conhecimento técnico e a didática adequada para alcançarmos as crianças e, pensando nisso, disponibilizamos um horário semanal para conversarmos com as famílias acerca do que foi planejado para as aulas da semana seguinte, sobre a sequência didática e as competências a serem desenvolvidas”, explica.

A especialista enfatiza a importância desse apoio para os pais e os impactos positivos no processo de aprendizagem dos alunos com as atividades remotas, evitando perdas no processo educacional.

O objetivo não é formar tecnicamente os pais para executar a função do professor em casa, mas fazê-los entender um pouco sobre o objetivo das atividades, sobre o cronograma e a importância de cada tarefa para que as crianças possam executá-las com autonomia, mas sob o olhar vigilante e mais refinado da família. Acreditamos que isso oferece um conforto maior aos pais e mães que estão imersos na rotina pedagógica nesse novo cenário”, conclui a gestora pedagógica.

Notícias Relacionadas

0 respostas

Deixe uma Resposta

Deseja deixar seu comentário?
Comente e participe! Sua opinião é muito importante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.