Agora em fevereiro, pais e responsáveis do Ensino Fundamental 2 participaram do evento de lançamento das Turmas Olímpicas e Programa Graduação no Exterior, realizado nas unidades Benfica, Boa Viagem, Paissandu e Caruaru. Conheça, a seguir, um pouco mais sobre estes projetos.

TURMAS OLÍMPICAS GGE

Uma das muitas maneiras de fazer com que crianças e adolescentes aprendam mais e melhor o conteúdo visto em sala de aula são as chamadas Olimpíadas Científicas ou Olimpíadas do Conhecimento. Neste tipo de competição, estudantes do ensino fundamental e médio disputam, como representantes de suas escolas, quem domina mais os temas ligados a disciplinas como física, matemática e química.

Esse tipo de atividade é extremamente importante porque faz com que o aluno desenvolva a velocidade de raciocínio e esteja em contato com conteúdos relevantes para o futuro acadêmico. “O aluno medalhista em uma olimpíada de conhecimentos acaba tendo facilidade geral com as disciplinas e, por isso, muito provavelmente terá ótimo desempenho no Enem e em outros vestibulares, por exemplo”, explica Jorge William, sócio-diretor do Colégio GGE.

Ele conta que a participação e premiação em eventos como a Olimpíada Brasileira de Química (OBQ) e a Olimpíada Brasileira de Física (OBF) funcionam também como um “passaporte” no currículo caso o aluno caso queira cursar universidade no exterior, já que as instituições mais conceituadas veem com bons olhos os alunos que participam de olimpíadas e demais atividades extracurriculares.

Para participar das olimpíadas, o estudante precisa contar com reforço no ensino da disciplina da competição. Se o objetivo for concorrer a uma disputa de matemática, por exemplo, ele precisará dedicar aos assuntos relacionados à área algumas horas semanais a mais do que as já previstas no currículo regular. Neste processo, o apoio da escola e dos pais é muito importante, já que a o jovem precisará focar bem o seu objetivo. Incentivo, ajuda na organização do plano de estudo e elogios pela dedicação do estudante são muito bem-vindos.

“Professores experientes fazem toda a diferença. Sempre converso com os pais no início do ano letivo, para que entendam o processo, destacando as vantagens da atividade para a vida escolar do filho, abrindo possibilidades até para uma carreira internacional”, complementa Jorge William.

Esta é a proposta das Turmas Olímpicas do GGE: oferecer aos alunos do Ensino Fundamental 2 uma preparação específica para as Olimpíadas Brasileiras das disciplinas de matemática, química e física. Uma grande oportunidade para reforçar o aprendizado e participar das olimpíadas em âmbitos estadual, nacional e mundial.

Se interessou? Então, clique para conhecer nosso quadro de medalhas de 2018 e deixe seu cadastro para agendarmos um atendimento com nossa coordenação pedagógica.

PROGRAMA GRADUAÇÃO NO EXTERIOR

O momento de escolher o que cursar na faculdade é bastante especial para pais e filhos. Além de optar por qual profissão seguir, os adolescentes têm ainda a missão de decidir, dentre as inúmeras opções de faculdades e universidades, qual a melhor para a área que deseja estudar. Para os que querem fazer a graduação fora do Brasil, a preparação é ainda mais intensa.

Estados unidos, Canadá e países europeus, de modo geral, ainda são os destinos preferidos. Mas, além do curso e do País, fatores como custo de vida, o clima e questões culturais, como o “calor humano” mais ou menos intenso, em comparação ao Brasil, devem ser considerados pela família nessa hora.

“Em longo prazo, também é interessante pensar nas perspectivas após o fim do curso, para se ter ideia se aquele País tão desejado tem um mercado interessante para a profissão”, explica Charles Hodges, orientador de Educação Internacional da Brasil World Academic, grupo educacional especializado em preparar jovens para a vida acadêmica no exterior e parceiro do Colégio GGE no Programa Graduação no Exterior, oferecido aos alunos do Ensino Fundamental 2 e Médio.

Conheça um pouco mais sobre o programa no vídeo a seguir:

“Quanto antes o estudante começar a se preparar, melhor. Cursar faculdade em outro País é uma oportunidade de crescimento ímpar e traz muita maturidade, pessoal e acadêmica, além de abrir o leque de opções quanto ao futuro”, encerra Hodges.

Gostou? Então, acesse a página do Programa Graduação no Exterior do GGE e deixe seu cadastro para agendar um atendimento com a equipe da BW Acadmic.

Aproveite e confira também a cobertura fotográfica do lançamento oficial das Turmas Olímpicas e Programa Graduação no Exterior para as turmas do Ensino Fundamental 2: