Outbox Learning | Conheça o projeto Embaixadores pelo Mundo

De maneira inovadora, alunos aprendem a entender melhor os problemas atuais no mundo

Por meio da disciplina de História, todos aprendem desde cedo sobre tudo que aconteceu no Brasil e no mundo em momentos passados e que resultaram no cenário geopolítico atual. Entretanto, a maioria dos estudantes não se interessa pelos acontecimentos do momento ou acompanham pouco o desenrolar das notícias mais importantes.

Foi pensando neste cenário que o Colégio GGE desenvolveu projetos extraordinários que vão muito além da grade tradicional de ensino. Além de estudar Geografia, Matemática, História e demais disciplinas, os estudantes têm à disposição um cardápio de atividades eletivas do projeto Outbox Learning, pensado para trazer leveza e contribuir com a humanização do ensino.

O projeto Embaixadores pelo Mundo faz parte dessas atividades eletivas e propõe que cada estudante pesquise sobre os aspectos sociais, econômicos e sanitários de um determinado país. Em seguida, os alunos se reúnem em grupo para propor ações de ajuda mútua em vários âmbitos. Dessa forma, são trabalhadas habilidades socioemocionais e de leitura do mundo.

A iniciativa é realizada por uma equipe de cinco professores e todos os alunos, a partir do Ensino Fundamental 2, podem participar dos encontros online, que acontecem semanalmente. A cada vivência, os professores propõem um tema que esteja sendo bastante abordado em todas as mídias, sugerem que os alunos pesquisem e tragam suas opiniões e como eles lidariam com a situação abordada.

O objetivo do projeto é fazer com que, além de ficarem atualizados e desenvolverem a prática da pesquisa, comecem a ter uma visão crítica, buscando também debater o assunto com seus colegas, aprendendo a ouvir e considerar as opiniões do outro.

“Nós propomos aos alunos um debate acerca do que está ocorrendo no mundo e que esteja envolvendo a sociedade, só que, na verdade, os participantes trazem as informações na perspectiva deles. Assim, eles apresentam sua visão para colegas, fazendo o papel de embaixadores, argumentando e trazendo dados de sua pesquisa, bem como ficando abertos a novas informações a partir da visão dos colegas”, explicou o professor de Geografia do GGE, Hedymur dos Santos.

Os professores fazem o papel de interlocutores e mediadores, além de propor temas e inquietudes durante o debate, para que seja instigado nos participantes o poder crítico de como lidar com temas e opiniões adversas.

Assuntos como a posição dos governos Turcomenistão, Nova Zelândia, Portugal, Bielorrússia e Suécia durante a pandemia, o preconceito racial e como o mundo vem respondendo a essas mudanças já foram abordados no projeto. Apesar dos temas serem escolhidos pelos professores, os alunos trazem também as suas sugestões.

“É gratificante sentir a empolgação dos alunos ao incorporarem o papel de embaixadores do mundo, pois percebemos que, cada vez mais, eles se preocupam com o bem estar da sociedade, tentando trazer soluções para os problemas abordados. Além disso, a quantidade de alunos que participam tem aumentado bastante. Pensando desta forma, eles trarão ideias revolucionárias e serão capazes realmente de exercerem seu papel como cidadãos em busca de um mundo melhor”, concluiu o professor.

Notícias Relacionadas

0 respostas

Deixe uma Resposta

Deseja deixar seu comentário?
Comente e participe! Sua opinião é muito importante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.